Astrônomos querem preservar lado oculto da Lua

da casino: A sonda chinesa Chang’e 4, que em 2019 pousou no lado oculto da Lua, não foi para lá sozinha: sua missão inclui um satélite, o Queqiao, que se comunica com ela.

da apostaganhabet: Os EUA suspeitam que esse satélite, na verdade, possa ter propósitos militares (como espionar comunicações americanas ou interferir nelas).

Neste ano, a China enviou mais um satélite, o Queqiao-2, para a mesma região. E os americanos também têm planos para lá: pretendem construir a Lunar Gateway, uma estação espacial que ficaria posicionada sobre o lado oculto da Lua.

Toda essa movimentação já preocupa cientistas. Em março, a Academia Internacional de Astronáutica (IAA) realizou um evento para debater as consequências da exploração dessa região.

Continua após a publicidade

Segundo ela, a colocação de satélites e estações espaciais por ali pode gerar poluição eletromagnética, e prejudicar o uso do lado oculto com fins de pesquisa.

  • Relacionadas
  • CiênciaA reconquista da Lua
  • CiênciaReino Unido estuda a construção de microrreator nuclear na Lua

A Nasa tem planos de instalar um radiotelescópio dentro de uma cratera nessa região – ele serviria para captar sinais distantes do cosmos com muito mais sensibilidade, sem a interferência causada pela ionosfera (camada eletricamente carregada da atmosfera) da Terra, que bloqueia parte das radiofrequências.

Publicidade

  • Mais lidas

1Ciência Cientistas descobrem o que torna os tardígrados tão resistentes à radiação2História Por que existe a letra “h” se ela não tem som?3Ciência Como a lógica, por si só, pode provar que o tempo nãoexiste4Ciência Como observar a chuva de meteoros Eta Aquáridas este final de semana5Sociedade “Bebê Rena”: série de TV da Netflix traz uma nova perspectiva sobre a vitimização sexual masculina