Bárbara Tinoco: “Se as pessoas soubessem as histórias por trás das minhas músicas iam pensar ‘isto nem é criatividade’”

da winzada: Bárbara Tinoco dá uma entrevista intimista no Alta Definição onde fala de síndrome do impostor, da sua doença e da operação ao coração aos 18 anos, dos comentários negativos que já recebeu e da sua música. A cantora e compositora revela algumas das histórias por trás das suas canções e confessa que é hiponcondríaca e já sofreu ataques de pânico. O Alta Definição foi exibido na SIC a 27 de abril.

da flames bet: Entrevistas intimistas conduzidas por Daniel Oliveira. Todas as semanas um novo convidado no ‘Alta Definição’, um programa da SIC. Ouça mais episódios.

Episódios

  • Hélder Agapito: “Como pai às vezes sentia que era um nada, gostava de ter falado com outros homens sobre isso”Hélder Agapito: “Como pai às vezes sentia que era um nada, gostava de ter falado com outros homens sobre isso”

  • Pinto da Costa: “Tenho consciência do trabalho que fiz no FCP, se os sócios se esquecerem desses 42 anos as consequências serão deles”Pinto da Costa: “Tenho consciência do trabalho que fiz no FCP, se os sócios se esquecerem desses 42 anos as consequências serão deles”

  • “Cresci num sítio onde as pessoas não sonham alto e a minha canção 'Linha de Sintra' é uma forma de dizer que podemos sonhar mais”“Cresci num sítio onde as pessoas não sonham alto e a minha canção ‘Linha de Sintra’ é uma forma de dizer que podemos sonhar mais”

  • Bárbara Tinoco: “Se as pessoas soubessem as histórias por trás das minhas músicas iam pensar ‘isto nem é criatividade’”Bárbara Tinoco: “Se as pessoas soubessem as histórias por trás das minhas músicas iam pensar ‘isto nem é criatividade’”

  • Pinto da Costa: “No meu funeral não quero gravatas pretas nem luto, quero as pessoas com gravatas azuis em homenagem ao Porto”Pinto da Costa: “No meu funeral não quero gravatas pretas nem luto, quero as pessoas com gravatas azuis em homenagem ao Porto”

  • Ana Varela: “Fazer de protagonista pôs-me entre a maternidade e os meus sonhos. Podemos ser tudo, desde que felizes”Ana Varela: “Fazer de protagonista pôs-me entre a maternidade e os meus sonhos. Podemos ser tudo, desde que felizes”

  • Fernando Correia Marques: “Não foi preciso contarem-me a morte da minha mãe; estava num comício a cantar a sua música favorita e chorei”Fernando Correia Marques: “Não foi preciso contarem-me a morte da minha mãe; estava num comício a cantar a sua música favorita e chorei”

  • Bárbara Branco: “É muito assustador aprender a lidar com a morte e com o luto aos 9 anos”Bárbara Branco: “É muito assustador aprender a lidar com a morte e com o luto aos 9 anos”

  • Roberto Martínez: “Se há um jogador a contaminar o balneário, não pode voltar à Seleção Nacional”Roberto Martínez: “Se há um jogador a contaminar o balneário, não pode voltar à Seleção Nacional”

  • Pedro Hossi: "Hoje entendo que há uma série de manifestações que vêm do facto de ter crescido sem pai"Pedro Hossi: “Hoje entendo que há uma série de manifestações que vêm do facto de ter crescido sem pai”

  • Loading…