Teste técnico de Hades 2 é anunciado para o Steam; saiba como participar

Leia também:Hades 2: Acesso antecipado estará disponível “em breve”

da onebra: Um dos jogos mais aguardados de 2024 é Hades 2. A sequência do aclamado roguelike de 2020 está próxima, e a Supergiant, desenvolvedora do game se prepara para o lançamento. Nesta terça-feira (16), foi anunciado o teste técnico fechado para o título, no entanto, todos os jogadores podem se inscrever e torcer para que sejam selecionados para a demonstração.

da up cassino: Para participar, basta entrar na página oficial da obra no Steam, ir até a opção “Participe do Hades II Playtest” e solicitar acesso. Após esses simples passos, basta esperar para ser contemplado com acesso à experimentação do jogo.

É possível jogar Hades 2 sem jogar o primeiro jogo?

Em entrevista ao Jovem Nerd, Greg Kasavin, roteirista, designer e produtor da Supergiant, afirmou que o jogo será independente de seu predecessor, ou seja, não é preciso jogar a história de Zagreus para experimentar o segundo game da franquia.

“Hades 2 é uma sequência direta que é criada a partir de muitos elementos do primeiro jogo. […] Mas é importante para nós que ele seja algo standalone. Você pode jogar o segundo o jogo sem ter jogado o primeiro”, garantiu Kasavin, que também revelou que o jogo está em desenvolvimento há três anos.

RelacionadoHades 2: Live de gameplay demonstra como o teste técnico será para os jogadores

“Com uma retratação bem humorada e um tanto satírica dos deuses da mitologia grega, Hades parte de uma premissa simples: Zagreu, filho de Hades, deseja sair do Submundo contra a vontade do pai, que usará a força de todas as criaturas de seu reino para impedir a fuga do protagonista. Em sua tentativa de deixar o Mundo dos Mortos, porém, Zagreu começa a receber ajuda de vários deuses da mirologia grega, como Poseidon, Zeus, Afrodite, Atena, Ares e outros. Cada uma das divindades parece ser movida por interesses bastante distintos, mas o fato é que Hades brilha justamente por um loop de gameplay que gera aprendizado e recompensa mesmo quando morremos e precisamos recomeçar nossa campanha desde o começo, a essência de um jogo do gênero roguelike”, diz a análise do IGN Brasil sobre o game.


Leia também:Como o melancólico e acalentador final de Persona 3 Reload fala sobre o sentido da vida